top of page
soflor.png
Sobre o Bloco
Bloco de carnaval Rio de Janeiro - Ganzá
      Quem somos

Estreante no Carnaval 2018, o Bloco Que pena, amor tem a proposta de tocar sucessos do Pagode 90 em novos arranjos. Além do Samba, há levadas de marchinha, ijexá, funk, xote, baião, samba reggae e maracatu, que dão uma nova roupagem a grandes sucessos. O grupo é formado por cerca de 70 ritimistas, liderados pelo mestre Francisco Machado, e banda com cavaquinho, violão, baixo e saxofone, além dos cantores.

 

soflor.png
Bloco de pagode 90- Carnaval- Tamborim
     Como Surgiu

 

A ideia surgiu durante o Carnaval de 2017, em um bar, no Centro do Rio, quando tocamos de brincadeira canções do Raça Negra. O público cantou junto e vimos que seria um sucesso levar a ideia para a folia. Com tantos blocos homenageando diversos ritmos e bandas, algumas até estrangeiras, porque não exaltar o Raça Negra? O nome foi criado rapidamente, originado de um verso da música É Tarde Demais, que acabou virando o hino do bloco.

soflor.png
Bloco Que pena, amor. Carnaval de rua Rio
         Curiosidades

 

  • Desde nosso primeiro ano, em 2018,  somos um bloco devidamente autorizado pela Prefeitura do Rio.

  • Nosso primeiro Carnaval teve cerca de 10 mil pessoas, enquanto em 2019 e 2020 a estimativa foi de cerca de 20 mil.

  • O girassol é nosso símbolo e a inspiração veio de um famoso meme da criancinha que amava Raça Negra, no Programa do Silvio Santos. No quadro, o girassol era o protagonista.

  • Fazemos parte de uma associação que reúne mais de 30 blocos do Rio de Janeiro, entre elas agremiações tradicionais que arrastam dezenas de milhares de foliões.

 

  • Toda temporada acrescentamos mais uma banda ao nosso repertório. Além do Raça Negra, em 2019, homenageamos o Só pra Contrariar. Para o Carnaval de 2020, o escolhido foi o Art Popular. Já em 2023 será o Exaltasamba.

  • Em três anos, tivemos mais de 70 menções em jornais impressos e sites, entre eles  Jornal Extra, O Dia, UOL, Catraca Livre e G1, com destaque para a capa do caderno Rio Show, do Jornal O Globo. Também aparecemos na TV Globo, no SBT e na Jovem Pan.

  • Em pouco tempo de bloco, tocamos em espaços muito importantes do Rio como Teatro Rival, Rio Scenarium, Jockey Club, Monte Líbano, Baródromo, Toca do Gambá, Centro Cultural Bola Preta e MAM.

  • Dividimos palcos com importantes nomes do carnaval carioca e da música brasileira, como Maria Rita, Grupo Bom Gosto, Kelly Key, Bateria da Mangueira, Bangalafumenga, Empolga às 9, Agytoê, TocoXona, Terreirada Cearense, Multibloco, Samba que elas querem,  SIBC,  Samba do Xoxó, Truque do desejo e muito mais. 

soflor.png

Capa da Revista Rio Show,  Jornal O GLOBO, em fevereiro de 2018.

 

Veja mais QPA Na mídia

Capa da revista Rio Show, o Globo, Bloco Que pena, amor.
bottom of page